terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Argamassa geral

Argamassa geral,cuidados especiais na hora de decidir argamassa ou concreto.

Sabemos que ambos são produzidos com o mesmo material.Entretanto cada um tem utilizações diferentes.
Argamassa serve para assentar tijolos,pisos,azulejos,blocos e acabamentos.
Concreto tem sua finalidade de estrutura tais como fundações,lajes,colunas e funções estruturais.


Chama-se argamassa à mistura feita com pelo menos um aglomerante, agregados miúdos e água. O aglomerante pode ser a cal, o cimento ou o gesso. O agregado mais comum é a areia, embora possa ser utilizado o pó de pedra.
As argamassas são empregadas com as seguintes finalidades:
• assentar tijolos e blocos, azulejos, ladrilhos, cerâmicas e tacos de madeira;
• Impermeabilizar superfícies;
• regularizar (tapar buracos, eliminar ondulações, nivelar e aprumar) paredes, pisos e tetos;
• dar acabamento às superfícies (liso, áspero, rugoso, texturizado, etc.).

As argamassas mais comuns são constituídas por cimento, areia e água. Em alguns casos, costuma-se adicionar outro material como cal, saibro, barro, caulim, e outros para a obtenção de propriedades especiais. Chama-se proporção a proporção em volume ou em massa entre os componentes das argamassas (cimento, cal e areia), que varia de acordo com a finalidade e as características desejadas da argamassa.
Assim como o concreto, as argamassas também se apresentam em estado plástico nas primeiras horas de confecção, e endurecem com o tempo, ganhando resistência, resiliência e durabilidade. Este processo chama-se cura da argamassa.
A argamassa é uma cola que permite unir diversos materiais de construção. Em muitos casos, pode-se utilizar argamassas com características especiais para melhorar as características de adesão. Também são importantes as características de impermeabilização, embora haja necessidade de adição de produtos especiais para obter as propriedades impermeabilizantes da argamassa.

As argamassa são classificadas, segundo a sua finalidade, em argamassas para assentamento de alvenerias, para revestimento e para assentamento de revestimentos.
Argamassa no assentamento são usadas para unir blocos ou tijolos das alvenarias.
Dependendo do tipo de bloco ou tijolo, podem ser utilizadas diversas técnicas de assentamento com argamassa. Normalmente ela é colocada com colher de pedreiro, mas podem ser utilizadas também bisnagas.
As três primeiras fiadas de uma parede de blocos ou tijolos devem ser revestidas inicialmente com uma camada de argamassa de impermeabilização, que protege a parede contra a penetração da umidade.

Usualmente são aplicadas três camadas de argamassa em uma parede a ser revestida:
• Chapisco: primeira camada fina e rugosa de argamassa aplicada sobre os blocos das paredes e nos tetos. Sem o chapisco, que é a base do revestimento, as outras camadas podem descolar e até cair.
• Emboço: sobre o chapisco é aplicada uma camada de massa grossa ou emboço, para regularizar a superfície.
• Reboco: é a massa fina que dá o acabamento final. Em alguns casos não é usado o reboco, por motivo de economia. Geralmente tem em seu traço areias mais finas, pois servem para dar o acabamento ao revestimento.
Em alguns casos, como em muros, o chapisco pode ser o único revestimento.
Por sobre as argamassas de revestimentos podem ser aplicados outros acabamentos como textura, massa corrida, pintura, areias quartzo, estuque veneziano etc.
O acabamento destes revestimentos pode ser sarrafeado ou desempenado.
Revestimentos como azulejos, ladrilhos e cerâmicas são aplicados sobre o emboço. Para esta aplicação, também são utilizadas argamasssas.
No piso, utiliza-se uma camada de contrapiso e pode-se dar o acabamento por sobre esta camada. Este acabamento é conhecido como cimentado. O contrapiso é uma camada de argamassa de regularização e de nivelamento.
Fabricante de argamassa hoje em dia está sendo cada vez mais comum o uso de argamassas industrializadas, ou seja, a mistrura dos componetes secos é realizada em uma planta industrial. Assim, na obra, apenas deve ser acrescentada água à mistura prévia.As argamassas industrializadas para aplicação de revestimentos cerâmicos são conhecidas como argamassas colantes. Elas apresentam os tipos AC-I, AC-II, AC III e ACIIIE, segundo a norma NBR 14081.
A AC-I é recomendada para o revestimento interno com exceção de saunas, churraqueiras e estufas. A AC-II é recomendada para pisos e paredes externos com tensões normais de cisalhamento. A AC-III é recomendada para pisos e paredes externos com elevadas tensões de cisalhamento. A AC-IIIE é recomendada para ambientes externos, muito ventilados e com insolação intensa.Mais detalhes consultar wiki.

Tabela
Reboco=cimento 1 parte+areia 5 partes+1/2 de saibro
Tijolos=cimento 1 parte+areia 5 partes+saibro=zero
Alvenaria de pedra=cimento 1 parte+areia 4 partes+saibro=zero
chapisco=cimento 1 parte+areia 3 partes+saibro=zero
cimentado=cimento 1 parte+areia 4 partes+saibro=zero
Serviços leves prefira argamassa industrializadas,menos trabalho e rapidez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Google+ Followers

Google+ Badge