g2h

level1

quarta-feira, 3 de junho de 2020

Dicas para guiar seu cliente na construção e reforma

DICAS PARA GUIAR SEU CLIENTE NA CONSTRUÇÃO E REFORMA

O acompanhamento de um profissional desde o projeto até a execução é fundamental para garantir bons resultados

Existem diversas razões que podem levar a necessidade da reforma, como problemas estruturais para ampliação do imóvel, infestação por pragas, ou até mesmo, o desejo de dar um ar mais moderno ao ambiente. Reformar a casa também é uma ótima oportunidade de inspecionar toda a instalação elétrica e hidráulica a fim de verificar se não há nenhum vazamento, fissuras, rachaduras ou infiltração.

Fazer uma construção e reforma não é tarefa fácil para qualquer consumidor final, independente do tamanho da intervenção, seja ela pintura ou pequenos consertos, e até mesmo para grandes mudanças que necessite de quebra de paredes. Para isso é fundamental ter um bom planejamento, a começar pela definição do orçamento, seguido por execução de um bom projeto de acordo com a necessidade de cada obra, escolha de mão-de-obra e cotação de bons fornecedores.

De acordo com Marcos Atchabahian, presidente do conselho diretor da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco) e proprietário da rede Village, uma rede com 18 lojas de material de construção, o primeiro passo antes de realizar uma reforma é saber o que o cliente quer. Se quer reformar, que tipo de produto ele necessitará e quanto de orçamento teria disponível para a realização da reforma. “Tudo depende do tipo de obra, se é uma obra pequena, ela pode ocorrer no dia a dia sem grandes mudanças na rotina, já se a obra é maior, vai precisar de um planejamento”, destaca.

 

Dicas para não errar na construção e reforma
Segundo a professora Cynthia Barbieri Diezel Munhoz, do curso de Engenharia Civil do Instituto Mauá de Tecnologia, “o planejamento é importante em qualquer tarefa, até para sair para ir ao mercado, onde quando não é realizada uma listagem e programação completa há maior chance de erro” e antes de construir ou reformar o cliente deve:

– Contratar um profissional habilitado para elaboração de projetos e fiscalização da obra;

– Verificar junto aos órgãos governamentais as classificações de seu terreno com relação à legislação vigente, para atender as obrigações junto aos órgãos de fiscalização;

– Analisar se o planejamento (físico e financeiro) da obra está de acordo com sua necessidade e condições financeiras;

– Aprovar todos os projetos antes do início dos serviços, para evitar retrabalhos.

O mais importante de tudo é que todas essas ideias sejam colocadas no papel com o auxílio de um profissional durante o projeto da reforma a fim de verificar a viabilidade de cada ação e também evitar dores de cabeça no futuro. “Os acessórios a serem comprados para os reparos deverão estar especificados em projetos (elaborados por profissionais habilitados) e de acordo com as Normas Brasileiras vigentes”, destaca Cynthia.

 

Conheça os profissionais envolvidos no processo de reforma:
Arquiteto: é o profissional que irá desenhar e administrar o projeto da reforma;

Engenheiro: é o profissional que irá fazer os cálculos da estrutura bem como acompanhar a execução;

Gerente/gerenciador: é quem irá administrar o fluxo de execução e também a compra de materiais e serviços;

Empreiteiro: irá cuidar para que a reforma saia de acordo com as especificações dentro do cronograma e de acordo com as especificações de projeto;

Mestre de obras: esse profissional está encarregado do recebimento de materiais e também da contratação de mão-de-obra, além de acompanhar o serviço no dia a dia.

Muitas vezes, o consumidor fica perdido e não sabe quais profissionais devem ser contratados, quais os tipos de materiais utilizados na construção e reforma e quais acessórios precisa comprar para algumas etapas de obras e de reformas que podem ser simples, como troca de cores, texturas e móveis de lugar ou, então, mais complexa, como troca de piso ou revestimento de paredes do banheiro ou cozinha ou até mesmo quebra de paredes para ampliar o ambiente comercial ou residencial. “É muito importante estabelecer um cronograma de compra, pesquisar lojas e combinar o pagamento da mão-de-obra dentro de um orçamento que caiba no bolso tudo entra no planejamento”, destaca. O preço dos materiais de construção também influencia diretamente no orçamento total da obra, por isso é importante sempre ter opções viáveis em sua loja para a escolha do cliente.

Entender todas as etapas da reforma de uma casa ou empreendimento comercial é fundamental para o sucesso da obra. Outro ponto importante a ser destacado é que alguns empreendimentos necessitam de autorização para serem executados de acordo com as regras de cada tipo de município. Por isso, é necessário verificar junto à prefeitura e órgãos públicos a lista de projetos que necessita de alvará para ser realizado.

Outro ponto a considerar é a manutenção e acompanhamento pós-obra que é fundamental para que todos os materiais e serviços executados estejam em boas condições de uso. “O pós-obra faz parte do ciclo de vida dos empreendimentos, onde deve haver uma gestão de manutenção da edificação, com os prazos de fiscalização, manutenção, trocas dos equipamentos e componentes da edificação”, orienta a docente.



g1

Receba postagens por Email. Após colocar seu email procure sua caixa de entrada mensagem e confirme

Pesquise no Google